Através da Eucaristia ...
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Através da Eucaristia ...
Carmela Werner Ferreira - 2008/10/31

Eucaristia..jpg

Um dos pontos essenciais de nossa espiritualidade é a devoção à Eucaristia. Ao longo dos séculos,o Divino Prisioneiro, amorosa designação dada a Jesus Sacramentado por grandes santos em alusão à sua permanente presença no sacrário tem derramado incontáveis graças sobre todos os que d'Ele se aproximam, consolando os corações, fortificando os ânimos e dulcificando os amargos sofrimentos inseparáveis de nossa vidaneste vale de lágrimas. Cumprem-se de maneira admirável e maravilhosa as palavras do Senhor: Eis que estarei convosco, todos os dias, até o fim do mundo. (Mt 28, 20). Qual não deve ser a nossa correspondência e fidelidade para com um Deus que, chegando a extremos de amor, deixa-se como alimento para as almas e faz-se presente em todos os tabernáculos? E que presença maravilhosa! Encanta nossas vidas, como quando visitamos a igrejinha de pacato vilarejo e vemos ajoelharem-se ante o altar as pessoas do lugar. Ou nos faz sentir tomados de enorme respeito e inundados de sacralidade, ao contemplarmos Nosso Senhor Sacramentado num templo esplendoroso, como, por exemplo, a Basílica de São Marcos, de Veneza. Jóia incrustada numa das mais belas cidades do mundo, ponto para onde convergem todos os olhares dos que visitam a antiga República Sereníssima, fazendo sair do fundo de nossas almas a espontânea exclamação: Oh! Ali está Ele em Corpo, Sangue, Alma e Divindade. Que magnífico!

É acerca do Santíssimo Sacramento que se deu o episódio seguinte, num mosteiro beneditino espanhol. Os piedosos monges se prepararam com muito fervor paraEucaristia.jpguma festa litúrgica e o sacristão, ao arrumar na noite anterior os ornamentos necessários, esqueceu- se de um círio aceso dentro de um armário.

Não é difícil imaginar o susto dos monges ao chegarem pela manhã na capela e encontrarem o armário queimado, derretidos os cálices de prata e uma cruz de bronze que estavam nele depositados. Removendo as cinzas, encontraram ainda incandescente, uma caixa de prata que servia de sacrário, na qual haviam sido guardadas três partículas consagradas. Esfriaram na com água e colocaram-na sobre o altar-mor, não sabendo o que havia acontecido com o precioso conteúdo.

Abrindo a caixa, depararam-se com os corporais totalmente convertidos em cinza, aparecendo, entretanto, intactas e sem a menor queimadura, as três partículas consagradas. Oh milagre admirável! Oh resplendoroso poder do Criador do céu e da terra! Imagine-se o espanto dos monges ao verificarem esse milagre que tinham diante dos olhos! Ao saber do fato, o Sumo Pontífice recomendou-lhes que mantivessem com grande entusiasmo e alegria as partículas, a fim de que os devotos se confirmem em sua devoção, e os que não o são sejam excitados sinceramente à devoção e à firmeza da Fé. (por Carmela Werner Ferreira) - (Revista Arautos do Evangelho, Nov/2002, n. 11, p. 37) - (Antonio Corredor Garcia, O.F.M., Prodígios Eucarísticos, Apostolado Mariano, Sevilha)

 

 

 

Votar Resultado 23  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria