Por que o pelicano é símbolo da Eucaristia?
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Por que o pelicano é símbolo da Eucaristia?
Redação - 2016/07/13

A iconografia cristã abrange um rico conjunto de símbolos que refletem realidades espirituais, cujo alto significado é de algum modo pelicano.jpgexplicitado por figuras terrenas. Especialmente presente nesse conjunto está a Eucaristia, fonte de vida da Igreja. E dentre as distintas representações que a ilustram, uma chama de modo particular a atenção: a do pelicano rasgando o próprio peito para alimentar suas crias.

Este símbolo tem sua origem numa antiga lenda muito difundida pelos bestiários medievais, segundo a qual o pelicano, em tempos de escassez, alimentava seus filhotes com sangue tirado do próprio peito. Tão admirável comportamento levou a relacionar essa ave com Nosso Senhor Jesus Cristo, o qual oferece seu próprio Corpo na Eucaristia para nos alimentar.

Já nos albores do século V, São Jerônimo valeu-se desse significado simbólico ao comentar o versículo 7 do Salmo 101: "Assemelho-me ao pelicano do deserto, sou como a coruja nas ruínas". Séculos depois, ele inspirou uma das mais belas estrofes do hino Adoro te devote, no qual São Tomás de Aquino exclama: "Pie pellicane, Iesu Domine, me immundum munda tuo sanguine. Cuius una stilla salvum facere totum mundum quit ab omni scelere - Senhor Jesus, terno pelicano, lava-me a mim, imundo, com teu Sangue do qual uma só gota já pode salvar o mundo de todos os pecados". O simbolismo eucarístico desta ave se encontra também em numerosas obras de arte: esculturas, pinturas e até em textos literários, como o da Divina Comédia, de Dante.

Votar Resultado 3  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria