Qual a origem da palavra “capela”?
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Qual a origem da palavra “capela”?
Redação - 2016/07/22

No Rito da Comunhão, da Santa Missa, evocamos as palavras ditas pelo centurião romano a Jesus em Cafarnaum: "Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado" (Mt 8, 8). Contudo, não é ele o únicoSão Martinho comparte sua capa com o mendigo, por Jan van Hermessen Museu Diocesano de Palencia.jpg soldado romano recordado com frequência nas igrejas.

Em meados do século IV, encontramos São Martinho de Tours (316-397), jovem militar romano, alistado na cavalaria imperial. Filho de um oficial superior do exército, era catecúmeno da Igreja Católica e se preparava para receber o Batismo. Chegando às portas de Amiens, na Gália, num dia de rigoroso inverno, deparou-se com um mendigo desabrigado em situação de grave risco.

Seguindo literalmente as palavras do Divino Mestre, Martinho partiu ao meio sua capa e deu a metade ao necessitado. Naquela noite, apareceu-lhe em sonhos Nosso Senhor Jesus Cristo coberto com a parte da capa por ele dada ao mendigo. Assim lhe agradecia o Divino Redentor seu ato de generosidade.

Martinho foi batizado e mais tarde tornou-se Bispo de Tours. Sua fama de santidade era tal que a metade da capa que lhe restara - denominada cappella, ou seja, capinha - foi posta num relicário e guardada num oratório onde melhor podia ser vista e venerada pelos fiéis. Não tardou tal oratório a ser chamado de cappella. E no decorrer do tempo este termo acabou designando todo lugar de culto de pequenas dimensões.

Votar Resultado 6  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria