Você sabia como como nasceu a invocação Nossa Senhora do Ó?
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Você sabia como como nasceu a invocação Nossa Senhora do Ó?
Redação - 2016/12/19

Comemorada a cada 18 de dezembro, a festa de Nossa Senhora do Ó, também chamada da Expectação ou da Esperança, é uma das mais antigas comemorações litúrgicas em louvor à Mãe de Deus. Sua origem remonta ao ano de 656, quando o X ConcílioNossa Senhora da Esperança - Catedral de León (Espanha)..jpg de Toledo instituiu a Festum Expectationis Partus (Festa da Expectação do Parto), na qual se apresenta Nossa Senhora bem próxima do nascimento de Jesus.

No decorrer do tempo, o título de Nossa Senhora da Expectação acabou sendo mudado pela invocação de Nossa Senhora do Ó, porque na semana anterior ao Natal, as antífonas estabelecidas para o Magnificat no Ofício de Vésperas se iniciam todas pela interjeição "Ó", seguida de um título messiânico: Ó Sabedoria, saída da boca do Altíssimo; Ó Adonai (Senhor), guia da casa de Israel; Ó Raiz de Jessé (pai de Davi); Ó Chave de Davi; Ó Sol nascente justiceiro; Ó Rei das nações; Ó Emanuel: Deus conosco.

O ponto central de cada uma dessas sete antífonas é a súplica "vinde", não tardeis mais. E a delicadeza do gênio litúrgico da Igreja organizou-as de modo tal que o acróstico composto pelas iniciais latinas de cada antífona depois da interjeição "Ó", lidas em sentido inverso, forma a resposta do Divino Salvador a essa filial súplica: "Ero cras" ("Estarei amanhã" ou "Virei amanhã").

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria