Antigo responsável pelas comunicações do Vaticano: mídia da Igreja evoluiu para visão mais positiva e menos instrumental
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Antigo responsável pelas comunicações do Vaticano: mídia da Igreja evoluiu para visão mais positiva e menos instrumental
Gaudium Press - 2016/05/05

Lisboa - Portugal (Quinta-feira, 05/05/2016, Gaudium Press) - Na introdução do livro ‘Dia Mundial das Comunicações Sociais. 50 mensagens, de Paulo VI a Francisco', o arcebispo italiano D. Claudio Celli, antigo responsável no Vaticano pelo setor das Comunicações Sociais, afirma que a Igreja Católica tem concentrado seu discurso nas "notas positivas" do mundo dos media, com a orientação dos últimos Papas:

"Percebe-se facilmente um movimento através das mensagens dos Papas que se sucederam: de uma visão instrumental, a perspectiva foi progressivamente deslocando para o desafio antropológico e teológico propriamente dito", escreve Dom Claudio.

O livro é uma publicação do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais (SNCS), tem o selo da Paulus Editora e vai ser apresentado hoje, quinta-feira, em Lisboa, já dentro da celebração do 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais que será no dia 8 de maio, domingo.

D. Claudio Celli, prefeito emérito do Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais do Vaticano, lembra que o Dia Mundial das Comunicações Sociais foi instituído pelo Concílio Vaticano II, no decreto conciliar Inter Mirifica, em 1963.

Recorda Dom Celli que o dia foi celebrado pela primeira vez em 1967, ainda no pontificado de Paulo VI.

Até hoje, 50 anos depois, o Dia Mundial das Comunicações Sociais tem como pano de fundo aquela mensagem do Papa, diz Dom Claudio Celli para quem este meio século mostrou um processo de "assimilação progressiva da cultura da comunicação na vida e na missão da Igreja".

Em um contexto de transformação cultural e tecnológica, os Papas Paulo VI, João Paulo II, Bento XVI e Francisco ajudaram a promover uma "mudança de paradigma" que passa por "maior proximidade" entre a Igreja e os mídia.

D. Claudio Celli comenta ainda a última mensagem, com o tema ‘Comunicação e Misericórdia: um encontro fecundo', que, diz o Bispo, coloca "em sintonia com o ano jubilar da misericórdia": "O Papa Francisco convida-nos a fazer da nossa comunicação uma expressão da compaixão, da ternura e do perdão de Deus para todos", precisa.

'Prémio de Jornalismo D. Manuel Falcão'

O SNCS vai assinalar na quinta-feira o 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais com um encontro dirigido a todos os profissionais dos meios de comunicação social, no Museu de São Roque, em Lisboa, às 16h00.

Além do livro que reúne todas as mensagens dos Papas sobre o Dia Mundial das Comunicações, o SNCS fará nesse meio século de sua criação o lançamento do 'Prémio de Jornalismo D. Manuel Falcão'. (JSG)

Votar Resultado 1  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria