“Sem a Missa nos faltaria algo essencial em nossa vida cristã”, afirma Arcebispo de Sevilha
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

“Sem a Missa nos faltaria algo essencial em nossa vida cristã”, afirma Arcebispo de Sevilha
Gaudium Press - 2016/09/22

Sevilha - Espanha (Quinta-feira, 22-09-2016, Gaudium Press) Diante da proximidade da canonização do sevilhano Dom Manuel Gonzáles, conhecido como o Bispo da Eucaristia, o Arcebispo de Sevilha, Dom Juan José Asenjo, quis referir-se em sua mais recente Carta Pastoral à importância da Missa Dominical para a Vida Cristã.

Sem a Missa nos faltaria algo essencial em nossa vida cristã, afirma Arcebispo de Sevilha.jpg

"É um fato que o domingo tem se esvaziado progressivamente de conteúdo religioso e são muitos os cristãos que não descobriram a riqueza espiritual da Eucaristia no dia do Senhor. Por isso, quero tratar sobre a participação na Missa Dominical, que é obrigatória por ser um distintivo característico do cristão, um caminho privilegiado para alimentar a própria Fé e para fortaleza do testemunho", escreve o prelado, que logo sublinha: "Sem a Missa de domingo e dos dias festivos nos faltaria algo essencial em nossa vida cristã".

Disse que hoje, por desgraça, são muitos os católicos que apesar de estarem em um ambiente de raízes cristãs, não conhecem a riqueza do domingo e da celebração da Santa Missa. "Quando o domingo perde seu significado fundamental do 'Dia do Senhor' e se transforma em um dia de pura evasão, fica o cristão prisioneiro de um horizonte tão estreito que não deixa ver o céu", assegura.

A este respeito, Dom Asenjo, fala de como deve ser a vivência do Dia do Senhor em cada cristão: "No domingo deve ocupar um lugar proeminente a oração e, sobretudo, a Eucaristia. Todos temos de procurar que nossa participação nela seja para o acontecimento central da semana. É um dever irrenunciável, que temos de viver não apenas para cumprir um mandamento da Igreja, mas como uma necessidade, para que nossa vida cristã seja verdadeiramente coerente e consciente".

Recorda que é na Eucaristia dominical onde os cristãos se reúnem como família de Deus, "para alimentar-nos com o manjar do céu, para lutar contra o mal, viver nossos compromissos com entusiasmo e valentia e confessar ao Senhor diante dos homens".

"Através da participação na Santa Missa, o dia do Senhor se converte também no dia da Igreja, que se constrói e se edifica através da celebração da Eucaristia", acrescenta o Arcebispo de Sevilha.

Às comunidades paroquiais o prelado também chama a reafirmar a centralidade do Dia do Senhor e da Santa Missa Dominical: "É preciso insistir também na dignidade e sacralidade das celebrações, utilizando os ornamentos preceituados pela Igreja e favorecendo a presença de coroinhas bem formados, verdadeiro manancial de vocações. É preciso ainda que a música, mesmo com acompanhamento de ritmos modernos, seja litúrgica e bela, com letras não banais mas ricas em conteúdo teológico e beleza literária. É necessário também pedir aos sacerdotes que celebrem a Missa nas paróquias diariamente e com reverência cada vez maior, com grande respeito às rubricas e normas do Missal Romano, sem improvisações ou criatividades fora do lugar, especialmente quando se trata da Oração Eucarística, que é intocável".

Neste sentido, Dom Asenjo faz um chamado aos sacerdotes para que não omitam o tempo de preparação da Missa e cuidem da ação de graças, para que seja longa e frutuosa. "Lhes peço que de tempos em tempos na homilia instruam aos fiéis sobre o valor, a natureza da Santa Missa e o significado de cada uma das cerimônias. Devem convidar-lhes ainda a uma participação ativa e frutuosa, estimulando-lhes também a receber com frequência ao Senhor na Comunhão, alimento do caminhante e viático do peregrino, recebendo ainda com frequência o Sacramento do Perdão e da Reconciliação", escreve o prelado.

Finalmente, convoca as comunidades paroquiais para que fomentem diversas formas de Piedade Eucarística, entre elas as procissões com a custódia e as jornadas de Adoração diante do Santíssimo Sacramento. "Tudo o que constitui um verdadeiro manancial de Vida Cristã e de Santidade". (GPE/EPC)

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria