Laos: Padre martirizado por comunistas é beatificado
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Laos: Padre martirizado por comunistas é beatificado
Gaudium Press - 2016/12/12

Ventiane - Laos (Segunda-feira, 12-12-2016, Gaudium Press) Em cerimônia realizada em Ventiane, no Laos, durante a celebração Eucarística de Beatificação presidida pelo Cardeal Angelo Amato, foram beatificados no domingo o Padre Mário Borzaga, sacerdote da Congregação dos Missionários de Maria Imaculada, e Paulo Thoj Xyooj, leigo e catequista. Os dois foram mortos por ódio à Fé Católica por guerrilheiros comunistas do Pathet Lao, em 1960.

Os mártires do Láos

Laos Padre martirizado por comunistas é beatificado.jpg
Beato Padre Mário Borzaga e outros 16 mártires foram beatificados no Laos | Foto: reprodução

Os novos beatos, mártires laosianos, formam um grupo de 17 pessoas mortas por ódio à Fé e que foram reconhecidas como Mártires pelo Papa Francisco em 2015. Eles fazem parte de dois processos distintos de Causas de Canonização.

Um dos Processos é do missionário italiano, Padre Mário Borzaga e do primeiro catequista laociano, Paulo Thoj Xyooj, que foram assassinados em 1960.

A segunda Causa diz respeito ao primeiro sacerdote natural do Laos, Padre José ThaoTien, e outros 14 companheiros mártires.
Desses novos beatos, dez eram missionários que faziam parte das Missões Exteriores de Paris (MEP) e aos Oblatos de Maria Imaculada (OMI). Além deles, estão entre os mártires, quatro leigos catequistas que eram laocianos.

Os quinze foram assassinados entre 1954 e 1970 por guerrilheiros comunistas Pathet Lao. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações FIDES)

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria