Sangue de São Gennaro não se liquefez
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Sangue de São Gennaro não se liquefez
Gaudium Press - 2016/12/20

Nápoles - Itália (Terça-feira, 20-12-2016, Gaudium Press) Tradicionalmente, no dia 16 de dezembro o sangue do São Gennaro, que está guardado em uma ampola, se liquefaz. Neste ano não houve essa liquefação.

Sangue de São Gennaro não se liquefez.jpg

O sangue de São Gennaro está depositado em duas ampolas que são guardadas em um relicário.

A devoção a São Gennaro difundiu-se por todo o mundo.

Em grande parte, isso aconteceu por causa da liquefação do sangue do Bispo Mártir que ocorre três vezes ao ano: no sábado que precede o 1º domingo de maio; no dia 19 de setembro que é a festa do Santo e em 16 de dezembro, aniversário da erupção do Vesúvio em 1631.

16 de dezembro

Em 16 de dezembro de 1631, por intercessão de São Gennaro, a cidade foi preservada de uma catástrofe: Nápoles não foi afetada pela erupção do Vesúvio.

Por causa deste fato miraculoso, nesta data é esperada a liquefação do sangue do Santo e costumeiramente ela acontece.

Quando a liquefação não acontece, isso tem sempre tido uma relação com acontecimentos nefastos para a história da cidade: guerras, epidemias, terremotos, pestes.

Liquefação

A ocorrência da liquefação vem sendo verificada desde 1389.

O milagre consiste em que a massa vermelha de sangue seco, aderida a um dos lados da ampola, se converte em sangue completamente líquido após vários minutos, chegando a cobrir todo o vidro. Ela passa do estado sólido para o estado líquido, perdendo no peso e aumentando de volume.

O processo de liquefação, às vezes, demora horas, até mesmo dias.

Pode ser que ela também não aconteça, como neste 16 de dezembro.

Abade

O abade da capela dos tesouros na Catedral de Nápoles, Mons. Vincenzo De Gregório, diz que o milagre acontece graças à dedicação e orações dos fiéis.

Diante dessa situação, exortou a "não pensar em calamidades ou desgraças. Nós somos homens de fé e devemos seguir rezando", afirma o abade.

Papas

Em 21 de março de 2015, enquanto o Papa Francisco dava alguns conselhos aos religiosos, sacerdotes e seminaristas de Nápoles, ocorreu o milagre de São Gennaro e o sangue se liquefez.

Antes dessa ocasião, a última vez em que o milagre havia ocorrido com um Pontífice tinha sido em 1848, com Pio IX.

Não aconteceu quando João Paulo II e Bento XVI visitaram a cidade em 1979 e em 2007, respectivamente. (JSG)

Votar Resultado 2  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria