Arquidiocese de Palmas se posiciona sobre os casos de vandalismo em igrejas locais
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Arquidiocese de Palmas se posiciona sobre os casos de vandalismo em igrejas locais
Gaudium Press - 2016/12/22

Palmas - Tocantins (Quinta-feira, 22-12-2016, Gaudium Press) Em meio aos recentes acontecimentos lamentáveis de roubos, furtos e vandalismo em igrejas, sobretudo nas casas paroquiais e centros pastorais, além de profanações de sacrários e destruições de imagens de outros símbolos religiosos, a Arquidiocese de Palmas posicionou-se ao emitir uma nota rechaçando a violência e a intolerância religiosa presentes nestes fatos.

Assinado pelo Arcebispo Dom Pedro Brito Guimarães, o texto apresenta o repúdio a "todo tipo de proselitismo, de fundamentalismo, de vandalismo, de intolerância e de revanchismo".

"Intolerância religiosa é crime de ódio, inafiançável e imprescritível, que fere a liberdade e a dignidade humana. A base da religião é amor; da convivência fraterna é o respeito; e das relações sociais é a legalidade. Por que todo este ódio? A quem interessa estas atitudes? E elas estão a serviço de quê e de quem? Somos uma Igreja fundada e que vive dentro da legalidade", expressa.

Além disso, Dom Pedro destaca a posição da Igreja de Palmas em favor do diálogo, do respeito, da tolerância e da ajuda entre as paróquias.

"Somos a Igreja da paz. É de lamentar que tenhamos que assistir a ato tão selvagem e sorrateiro, na calada da noite, a cinco dias do Natal de Nosso Senhor Jesus, o Príncipe da Paz. Ele, de fato, é a nossa Paz. Por meio de seu sangue, os que antes estavam distantes, foram aproximados. De povos diversos, fez um só, derrubando assim o muro de separação. E em seu próprio corpo desfez toda a inimizade (Ef 2,13-14)".

Por fim, o arcebispo conclama a todos os fiéis "a dobrarem seus joelhos e a levantarem suas mãos, em súplicas e orações, pela conversão dos pecadores".

"Que de presente, neste Natal, Jesus nos dê a sua Paz, sobretudo, aos corações amargurados. E que o Senhor tenha misericórdia de nós. Em nome do Menino Jesus, o Filho de Maria, reclinado no presépio, a minha bênção apostólica a todos!", conclui. (LMI)

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria