Igreja do Rosário, em Congonhas (MG), tem seus elementos artísticos restaurados
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá

Igreja do Rosário, em Congonhas (MG), tem seus elementos artísticos restaurados
Gaudium Press - 2016/12/22

Congonhas - Minas Gerais (Quinta-feira, 22-12-2016, Gaudium Press) No aniversário da cidade mineira de Congonhas, em Minas Gerais, a Prefeitura, o Ministério da Cultura e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realizaram a entrega do restauro dos elementos artísticos da Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

Igreja do Rosário, em Congonhas (MG), tem seus elementos artísticos restaurados.jpg

Na Igreja do Rosário, foram restaurados o Retábulo-Mor, Cimalha da Capela-Mor, Arco-Cruzeiro, Tarja, Cimalha da Nave, Retábulo- Colateral, Púlpito, Forro do Nártex, Pias de Água Benta e Coro e a Pintura Geral.

Além disso, foi feito um novo conjunto de sineira que remete ao repertório barroco da época da edificação da Igreja.

A cerimônia de entrega dos restauros foi presidida pelo pároco da matriz de Nossa Senhora da Conceição, Padre Paulo Barbosa, em comunhão com o Frei Benigno, pertencente à Ordem dos Frades Menores.

De acordo com o pároco, estas ações representam a preservação do patrimônio cultural e religioso e significam ainda a comunhão para com a vida da Igreja e o compromisso de dar esta contribuição para a história.

"Este lugar é singular, prova da devoção à Nossa Senhora do Rosário, que se identifica com os pobres, negros e filhos devotos que rezam o terço como sinal de amor e reverência", afirmou.

Por sua vez, o escultor e diretor municipal de Patrimônio Histórico, Luciomar Sebastião de Jesus, explicou que "a Igreja é muito singela. Os elementos artísticos do Altar-Colateral são do século XIX".

"O Altar-Mor, apesar de muito alterado, também se mantem muito singelo com elementos dos séculos XVIII e XIX. O Querobim da Tarja do Altar-Mor é da lavra do entalhador Francisco Vieira Servas", acrescentou Luciomar. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Mariana

Votar Resultado 1  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  Dom de Sabedoria