Arautos do Evangelho - Associação Internacional de Direito Pontifício - Node
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Livro Dr Plinio de Mons João Clá
Voz dos Papas - Seções
Paz e soberana majestade
O Rosto do sudário parece nos dizer: tem confiança, não percas a esperança; a força do amor de Deus, a força do Ressuscitado tudo vence
Mediadores entre Deus e os homens
O sacerdote que sai pouco de si mesmo perde aquilo que é capaz de ativar a parte mais profunda do seu coração presbiteral. Em vez de ser mediador, torna-se pouco a pouco um intermediário, um gestor.
Caminhar, edificar, confessar
Temos de ter coragem de caminhar na presença do Senhor, com sua Cruz; de edificar a Igreja sobre o sangue do Senhor, derramado na Cruz; e de confessar como nossa única glória Cristo Crucificado
O anúncio do Bom, do Verdadeiro e do Belo
Todos somos chamados, não a comunicar-nos a nós mesmos, mas esta tríade existencial formada pela verdade, a bondade e a beleza.
Cristo guia a Igreja através do seu Espírito
Tenhamos a firme certeza de que o Espírito Santo dá à Igreja a coragem de perseverar e de procurar novos métodos de evangelização.
A Igreja se renova sempre
Chegamos afinal aos três versículos da primeira carta de São Pedro que foram lidos aqui. Quero apenas sublinhar — ou, melhor, interpretar, na medida do possível — três palavras: “regenerados”, “herança” e “guardados pela Fé”.
Não ter medo de ir “contra a corrente”
Neste Ano da Fé, hoje gostaria de começar a meditar convosco sobre o Credo, ou seja, sobre a solene profissão de fé que acompanha a nossa vida de fiéis
Pontífice, pastor e pai
A Cidade Eterna está em festa. Uma multidão oriunda de incontáveis países se aglomera na Praça de São Pedro para assistir à procissão, pontualmente iniciada
A sua graça é a nossa força
O Natal do Senhor ilumina mais uma vez com a sua luz as trevas que muitas vezes envolvem o nosso mundo e nosso coração, e traz esperança e alegria
O júbilo do coração livre do pecado
Maria é chamada a "cheia de graça" (Lc 1, 28) e com esta sua identidade recorda-nos o primado de Deus na nossa vida e na história do mundo; recorda-nos que o poder de amor de Deus é mais forte do que o mal
Sinais que conduzem para Deus
Em nosso tempo, no qual as verdades da Fé ou os ritos religiosos se consideram irrelevantes para a existência cotidiana, a Igreja não cessa de afirmar a verdade sobre o homem e sobre o seu destino.
Duas realidades unidas pela comunhão dos santos
Só a fé na vida eterna nos faz amar deveras a História e o presente, mas sem se prender, na liberdade do peregrino, que ama a Terra porque tem o coração no Céu.
Fixar a mente e o coração em Deus
Os homens estavam mais atentos ao reino da Terra do que ao Reino dos Céus, e o esquecimento de Deus tinha se tornado habitual.
O sentido da palavra “atualização”
A "atualização" propugnada pelo Concílio não significa ruptura com a Tradição, mas exprime sua vitalidade contínua; não significa reduzir a Fé, submetendo-a à moda dos tempos, ao parâmetro do que nos agrada.
A Liturgia celebra-se para Deus
Não é o indivíduo - sacerdote ou fiel - ou o grupo que celebra a Liturgia, mas é principalmente a ação de Deus através da Igreja, que tem a sua própria história, sua rica tradição e a sua criatividade.
A Liturgia é obra de Cristo através da Igreja
Só celebraremos e viveremos bem a Liturgia se permanecermos em atitude de oração, unindo-nos ao Mistério de Cristo e ao seu diálogo de Filho com o Pai.
Glorificada em alma e corpo no Céu
A Assunção de Maria ao Céu constitui o mistério da Páscoa de Cristo, plenamente realizado em Maria. Ela está intimamente unida ao seu Filho ressuscitado, vencedor do pecado e da morte, plenamente conformada com Ele.
Integração harmoniosa entre contemplação e atividade
Durante o dia, ninguém se mostrava mais sociável do que São Domingos, mas, à noite, ninguém era mais assíduo do que ele na vigília da oração.
Rainha do Universo
Como exerce Maria sua realeza de serviço e amor? Velando sobre nós, seus filhos: os filhos que se dirigem a Ela na oração, para Lhe pedir sua tutela maternal e sua celestial ajuda.
Amigos fortes para tempos árduos
"O mundo está a arder; querem voltar a condenar Cristo, querem fazer desabar a Igreja". Não nos resulta familiar, na conjuntura atual, uma reflexão tão luminosa e interpeladora, proposta há mais de quatro séculos pela Santa mística de Ávila?
Página 4 de 13 65432
  Dom de Sabedoria